Rejeição 204: Duplicidade de NF-e [nRec:999999999999999]

Esse rejeição indica que o usuário está emitindo uma nota fiscal com uma numeração que em algum momento já foi transmitida na base de dados da SEFAZ.

Como ocorre?

Cada nota fiscal é única e associada a uma numeração específica; por exemplo, a nota número 10 sempre terá as mesmas informações. Não é possível emitir duas notas com o mesmo número.

Se uma nota fiscal com uma determinada numeração foi emitida em um programa diferente e registrada na base de dados da SEFAZ, qualquer tentativa de reemissão dessa mesma numeração por outro programa ou com o mesmo CNPJ emitente resultará em rejeição. Isso ocorre porque já existe um registro dessa numeração na base de dados da SEFAZ, indicando duplicidade.

Não troquei de emissor, foi sempre o mesmo, o que pode ser?

Uma falha de conexão com o servidor da SEFAZ pode ocorrer durante o processo de envio da nota fiscal para autorização. Neste caso, mesmo que a nota fiscal seja efetivamente salva e autorizada no servidor da SEFAZ, o sistema do usuário pode não receber a confirmação de autorização devido a um erro de conexão. Em vez disso, ele recebe uma mensagem indicando um problema de conexão.

Os erros comuns relacionados a esse tipo de situação são o Erro 12002 e o Erro 12060, ambos associados a problemas de conexão com o servidor. Isso pode levar a confusão sobre o status da nota fiscal, pois ela pode estar autorizada na SEFAZ, mas não refletida como tal no sistema do usuário.

Se ao tentar reenviar a nota fiscal você receber a rejeição 204, isso indica que a nota já foi emitida e está registrada no servidor da SEFAZ. Neste caso, é necessário acessar o portal da NFe para consultar e baixar o XML da nota fiscal. Após obter o arquivo XML, você deve encaminhá-lo ao email do suporte da Treeunfe (suporte@treeunfe.com.br) para que possamos ajudá-lo a atualizar a situação. No e-mail, informe os seguintes dados:

  • Título/Assunto do email como: DUPLICIDADE DE NOTA FISCAL;

  • CNPJ;

  • Número da nota fiscal com erro;

  • Uma breve descrição de como ocorreu o erro na sua emissão;

  • Anexe um print do erro e a DANFE da nota fiscal em PDF.

Com esses dados podemos atualizar a situação da sua nota fiscal dentro do emissor NFe.

Após encaminhar as informações, basta aguardar um retorno direto no e-mail.

Atualmente, o processo de atualização da situação da nota fiscal em casos de duplicidade ainda não é completamente automatizado. No entanto, nosso time de desenvolvimento está empenhado em trabalhar nesta área para tornar a emissão de notas fiscais cada vez mais prática e ágil. Estamos comprometidos em melhorar continuamente nossos sistemas para facilitar e otimizar as operações dos usuários.

Importante: sempre que ocorrer um erro de duplicidade, isso indica que a operação que você está tentando realizar já foi concluída. Por exemplo, se o erro aparecer durante a emissão da NFe, significa que a nota já foi emitida anteriormente. Da mesma forma, se o erro ocorrer durante uma tentativa de cancelamento, significa que a nota já foi cancelada.

Se precisar enviar a nota fiscal ao seu cliente com urgência, você pode baixar o XML da nota fiscal diretamente no portal da NFe. Para isso, basta consultar a chave de acesso da nota, que pode ser encontrada no erro ou na DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica).

Se também for necessário obter o PDF da nota fiscal, você pode baixá-lo diretamente utilizando o XML que já foi baixado por essa página.

Dessa maneira, você pode encaminhar a nota fiscal autorizada, contendo todos os dados necessários, para o seu cliente. Lembre-se também de enviar um email com os dados da empresa e as informações específicas da nota que precisa ser atualizada no sistema. Isso garantirá que todos os registros estejam corretos e atualizados, facilitando sua gestão fiscal.

Last updated