Rejeição 778: Informado NCM inexistente [nItem:*]

A Rejeição 788 ocorre quando o código NCM de um dos produtos em sua nota fiscal é considerado incorreto ou inválido.

Como isso ocorre?

Essa rejeição acontece quando é informado um NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) inexistente ou que já expirou na base de dados da SEFAZ.

Como corrigir?

1° Identificar qual produto está com a NCM errado

Para descobrir qual produto está errado, observe a informação após o erro em [nItem:1], que indica que o erro ocorre no primeiro produto inserido na nota.

2° Verificar se o NCM está na base da SEFAZ

Acesse o site da SEFAZ, e clique na aba Documentos, e depois em Diversos.

Nesta área, você encontrará um arquivo em Excel disponível para download, que contém todos os NCMs disponíveis para utilização. Dentro deste arquivo, você pode consultar a tabela de NCMs para verificar se o código desejado está disponível.

Caso não encontre a NCM do seu produto, recomendamos que entre em contato com sua contabilidade ou fornecedor para obter a NCM correta.

3° Alterar para um NCM válido

Após encontrar a NCM correto para o produto selecionado, é necessário atualizar o cadastro do produto no Treeunfe NFe. Para isso, acesse Cadastros no menu à esquerda, e selecione Produtos.

Procure pelo produto que precisa ter a NCM alterada, clique nos três pontos à direta, e selecione a opção de Editar.

Realize a correção, e depois clique em Salvar. Veja o exemplo abaixo:

4° Remover o produto da nota e adicioná-lo novamente

Após realizar a alteração, remova o produto da nota que está emitindo, e o selecione novamente para que as novas informações sejam atualizadas na nota fiscal.

Esse processo é necessário apenas no produto que foi alterada a NCM.

5° Reenviar a nota

Após inserir o produto novamente na nota, você pode enviar a nota para autorização em Salvar e Enviar.

Last updated